Mais de uma centena de Viseu no JUBJOVEM2017

Nos passados dias 9 e 10 de setembro de 2017, mais de 100 jovens da diocese de Viseu se juntaram aos milhares de jovens portugueses para viver o JUBileu JOVEM, programa pelo serviço da pastoral inter-geracional do Santuário de Fátima. Uniram-se a este evento o Departamento Nacional da Pastoral Juvenil, assim como os Convívios Fraternos. Abaixo, partilham-se testemunhos de alguns dos jovens da diocese de Viseu.

 JUBJOVEM JUNQUEIRA2

"Alguém referiu no início do jubileu, os jovens gostam que os adultos sejam exigentes com eles, não sei se é verdade, mas o que sei é que em alguns casos nos, os jovens, achamos que o crescimento na fé só é conseguida fazendo o que menos nos agrada, mas com este jubileu eu percebi que não tem que ser assim pois as atividades em que participei para além de me ajudar a aproximar de Deus também foram espetaculares. " André Corredoura

"O que mais me marcou neste jubileu jovem, foi a atividade "O coração da paz" que contava a maneira como as pessoas se tinham de sentir em paz que foi contado pela irmã Ângela." Andreia Rua

"Excelente fim-de-semana, o que mais gostei foi da procissão das velas especialmente quando as levantavam." Andreia Soares

"A parte que, eu gostei mais além das outras, foi a visita á casa das candeias." Diogo Silva

“O que me marcou mais foi ir às CORES DO SOL” Eduardo Silva

"Momentos de paz, de harmonia, de alegria, de divertimento mas acima de tudo foi um momento de união para com deus, com a virgem Maria e com os pastorinhos. Foi incrível e nunca irei esquecer este fim-de-semana foi e sempre será um momento inesquecível" Mariana Martins

"Das partes que, gostei mais foi o workshop, a casa das candeias" Ricardo Mendes

"Estes dois dias foi sem dúvida uma experiência inesquecível e uma das coisas que me tocou foi na procissão das velas no momento em q todas as pessoas levantaram a sua vela momento para recordar.” Sofia Henriques

JUBJOVEM JES Mioma

"O nosso testemunho com grupo é que este foi dos melhores e não o melhor encontro de jovens em Fátima, pelas atividades propostas e pela organização de todas elas. A atividade top do grupo foi a Via Sacra - Caminho de Silêncio, que se viveu literalmente em silêncio e meditação, não só nosso mas também de todos os que connosco caminharam. A segunda preferida foi o concerto - grande comunhão e festa. Menos bom esteve a "direta". Para o grupo devia ter terminado no lanche pós Via Sacra. Termos ido para a Basílica da Santíssima Trindade ouvir aquela hora, depois de atividades exigentes, quer em termos físicos, quer em termos psicológico/mental, palestra, ainda que interessantes, densas para o momento, bem como leituras bíblicas, fez com que adormecêssemos literalmente sentados, havendo outros grupos que se deitaram no chão ou nas cadeiras da Basílica e dormiram profundamente." JES, de Mioma