Notícias rumo à JMJ 2022

Uma proposta formativa sinodal

Uma proposta formativa sinodal

Catequistas debateram ciclo de formação até à JMJ 2022

Catequistas debateram ciclo de formação até à JMJ 2022

Novos Diretor e Assistente do SDPJ-Viseu

Novos Diretor e Assistente do SDPJ-Viseu

Nomeado Coordenador Diocesano do COD

Nomeado Coordenador Diocesano do COD

Reuniu Comissão Interdiocesana da JMJ2022

Reuniu Comissão Interdiocesana da JMJ2022

Primeiros espaços da JMJ 2022

Primeiros espaços da JMJ 2022

SAYES - Aprender a dizer sim

SAYES - Aprender a dizer sim

Cruz JMJ e Ícone Nª Senhora chegaram a Lisboa

Cruz JMJ e Ícone Nª Senhora chegaram a Lisboa

Temas para a Pastoral Juvenil 2019-2022

Temas para a Pastoral Juvenil 2019-2022

XI Fórum Internacional da Juventude

XI Fórum Internacional da Juventude

JMJ Portugal 2022, uma ponte do futuro para o agora dos jovens!

Ao ouvir, com muita alegria, a declaração de que Portugal irá ser palco para a realização da Jornada Mundial da Juventude em 2022, e recolhendo algumas reações eruditas acerca deste anúncio, partilho o testemunho do meu olhar sobre os jovens, entre o sonho e a realidade. As próximas JMJ, em Portugal, poderão vir a ser:

― Um desafio grande para um país pequeno, mas com memória de uma alma grande, que a perdeu e precisa de restaurar em favor do agora dos jovens, conforme o Papa Francisco tem vindo a sugerir desde a visita “ad limina” dos Bispos em 2015, em que se referiu como questão séria a “debandada dos jovens”.

Continuar a ler

pontes2panamá em Sátão

No fim de semana de 26 e 27 de janeiro, realizou-se no Sátão, Arciprestado do Dão o encontro juvenil, Pontes2Panamá.

O objetivo principal deste encontro foi fazer a ponte digital com a XXXIV Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que ocorreu no Panamá e foi presidida pelo Papa Francisco.

Assim, durante os dois dias do fim de semana, uma centena de jovens de vários pontos da Diocese de Viseu, viveram todo o espírito de uma JMJ, participando em 3 catequeses, ministradas pelos Padres José Cardoso, André Silva e Eurico Sousa, peregrinando, rezando a Via Sacra das jornadas e assistindo à Vigília com o Papa Francisco em direto, tendo tido a possibilidade de estar em presença do Santíssimo Sacramento, uma vez que o mesmo foi exposto ao mesmo tempo que também era exposto no Panamá.

Houve vários momentos de partilha e convívio entre os jovens, que, graças à colaboração dos agrupamentos de escuteiros de Ferreira de Aves, Rio de Moinhos, Sátão e São Miguel de Vila Boa, puderam usufruir de todas as condições para passarem dois dias fora de casa, vivendo e experienciando as sensações que se sentem ao viver uma JMJ.

Para além dos agrupamentos de escuteiros e de alguns grupos de jovens, toda a sociedade civil colaborou para a realização deste evento, como sejam as Camaras Municipais de Sátão e Aguiar da Beira, algumas Juntas de Freguesia e imensos estabelecimentos comerciais, ao verdadeiro espírito das JMJ.

Continuar a ler

pontes2panamá em Oliveira de Frades

Nos dias 26 e 27, estiveram reunidos 36 jovens e 8 coordenadores dos Grupos Juvenis do Arciprestado de Lafões. Foram dias de intensa alegria, motivados sobretudo pela JMJ no Panamá. Os participantes tiverem a oportunidade de participar de um Peddy Paper pela Vila de Oliveira de Frades, com temáticas relacionadas ao tema da JMJ. Tudo aconteceu num clima de partilha, convívio e espiritualidade missionária.

Continuar a ler

Experiência Taizé Madrid

Viver Taizé é aprender a encontrarmo-nos com Deus, com os outros e sobretudo connosco próprios... viver Taizé é trazer isso para o nosso dia-a-dia, partilhando este espírito que aprendemos a trazer bem dentro de nós com todos aqueles que ‘fazem' esse nosso dia-a-dia: com a nossa família, com os nossos amigos e até mesmo com os desconhecidos que deixam de o ser no instante em que se troca um sorriso, um olhar e se faz desse dia um dia muito mais bonito! Mas nem sempre é fácil manter a chama desse espírito tão acesa dentro de nós ou até perceber como se vive esse espírito quando nunca se foi mesmo a Taizé! Foi daqui que partiu o nosso desejo de participar neste encontro europeu de Taizé em Madrid... o nosso primeiro encontro europeu de Taizé! Ao longo de todo o encontro que se resumiu a quatro dias fomos (re)descobrindo, de forma simples e curiosa, que no meio de tantas barreiras que se erguem pelo mundo, ainda é possível acreditar no quebrar dessas barreiras porque, afinal, ainda existem muitos jovens que, como nós, vivem a sua fé e partilham-na com os outros e tentam fazer deste pequeno mundo um mundo em que ainda é possível ser se feliz. Porque, se pensarmos bem, a única barreira que realmente nos podia diferenciar era a língua em que cada um falava mas que, entre polacos, alemães, eslovenos, bielorrussos, italianos, espanhóis e portugueses se tornava na mais perfeita linguagem do amor entre sorrisos e abraços de desconhecidos, que em poucos dias se tornaram em amigos que nunca mais esqueceremos.

Continuar a ler

7km banner sites